17 de agosto de 2016

DIY: jaqueta com Patches em Ponto Cruz

Os patches contaminaram todo mundo! A moda, nascida nos anos 90, veio à tona com os desfiles de verão da temporada 2016, e logo as fashionistas invadiram as ruas.
Fonte: Pinterest.
Como na minha cidade, Feira de Santana - Bahia, eles são muito caros, inviabilizando qualquer customização, eu não quis ficar de fora e criei os meus em ponto cruz. Faço ponto cruz desde os 8 anos e resolvi resgatar a técnica para customizar minha jaqueta. Neste vídeo ensino você a aplicar os patches de um jeito super fácil!

Gostou do vídeo? Não esquece de deixar seu comentário, ok?


15 de agosto de 2016

Pensando sem Carnes com André Vieland: lifestyle Vegetariano

Na manhã do dia 10 de agosto acorreu no Laboratório de Gastronomia da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE a palestra e demonstração culinária Cultura Veg Itinerante: pensando sem carnes, ministrada pelo conceituado chef de cozinha André Vieland.
A palestra teve como foco principal a desmitificação de que a cozinha vegetariana é sem graça e sem sabor, e para isso o chef realizou uma demonstração culinária para os participantes, a maioria alunos do curso de graduação em Gastronomia da UFRPE.
Chef André Vieland.
Os pratos preparados foram um Curry de Grão de Bico, que levava grão de bico, verduras, legumes e caju como elemento salgado, e uma Torta Doce sem Glúten com massa de amendoim e recheio de soja com chocolate e castanha. Durante a oficina o chef deu dicas de segurança na cozinha e preparo de alguns ingredientes como leite de castanha.
Thiago França, representante da Sociedade Vegetariana Brasileira em Recife - SVB Recife, disponibilizou para os participantes um informe da SVB que apresentava quatro razões para adotar o vegetarianismo como opção alimentar. O Clube de Cozinha Veg ocorre com frequência no Recife com eventos periódicos. As atualizações estão no site e na página do Facebook.
Curry com legumes. Estava incrível!
Dicas do chef
  • Bebidas alcoólicas fervidas por 20 minutos em preparações perdem totalmente o teor alcoólico.
  • Feijão é tóxico, mas com pelo menos 6 horas de molho, o mesmo perdendo a toxicidade.
  • Para não sentir azia com pimentão, remova a nervura branca no centro interno do mesmo. Evite também cozinha-lo demais.
  • É possível fazer uma espuma como clara de ovo batido com a água de ervilha ou grão de bico. Leva-a ao fogo até secar e formar uma gelatina, depois pingue limão e bata na batedeira.
  • Para mexer no liquidificador ligado, use uma espátula de silicone ou plástico e a insira na parte superior do copo com movimentação da lateral para centro, e nunca para o meio a fim de não tocar a hélice.

Daiane Gomes e Adriel Almeia, estudantes de Gastronomia que auxiliaram o chef.
Sobre o chef. O paulista é proprietário do restaurante Nectare dentro do espaço eco-cultural Casa Jaya em São Paulo, o qual levanta a bandeira para adoção de práticas veganas na comida diária. O chef, publicitário de formação e vegetariano desde os 12 anos de idade, é hoje é vegano e confessou que o início foi difícil, entretanto conseguiu adaptar-se bem ao estilo de vida. Ainda adolescente começou a cozinhar e os primeiros testes foram trágicos, mas o treinamento o aperfeiçoou. Com o tempo, começou a trabalhar em um restaurante e, por um incidente a cozinheira afastou-se do trabalho, deixando para ele a oportunidade de aperfeiçoar suas práticas. Alguns anos depois, conseguiu uma oportunidade em uma rede de restaurante asiático instalado em São Paulo, e melhorou ainda mais suas práticas. Segundo ele, sua culinária é voltada para pessoas que não são vegetarianas/veganas e a sua cozinha é uma forma de ativismo.
Esse evento foi uma oportunidade e tanto para mim que quero experimentar comidas vegetarianas. Minha ideia não é abandonar 100% o consumo de carnes ou evitar algum tipo de doença que o consumo de carne pode provocar, mas experimentar a incorporação desse estilo de vida ao meu, a fim de atrair práticas saudáveis. Amei a experiência e confesso que o curry estava incrível. Pena que não pude experimentar a torta, porque tenho alergia a castanha!
  

11 de agosto de 2016

10 Frases para o Dia dos Pais

Dias dos Pais está de aproximando e eu tenho certeza que você já comprou o presente, não é? SQN?! Então, se ainda não tem presente corre!, mas lembre-se que a frase eu já pesquisei para você. 
Com ajuda do mundo das ideias Pinterest, selecionei 10 frases legais e originais para você dedicar a seu pai. Você também pode imprimir em forma de cartão e dar a ele. Para isso, acesse o Pinterest e procure pela frase no campo de busca [onde tem a lupa], porque neste post a resolução para impressão é muito baixa. Escolha aquela que mais parece a seu pai e dê um abraço cheio de amor no coroa!
Abrace e beije seu pai com todo amor e carinho, afinal, ele é seu herói!

7 de agosto de 2016

Bijus Masculinas: dicas para Iniciantes

Quem anda observando as seções de lojas fast fashion já viu que entre as bijus femininas já tem uma seção masculina, não é? Eu lembro de ter visto pela primeira vez na Riachuelo e depois na C&A, e amei tudo! Meninos, agora vocês também estão sendo contemplados pelos designers de bijus! Então, se você está iniciando neste novo mundo de bijuterias masculinas, neste post quero te ajudar com dicas de design, material e como usar as bijus.
☆ Design e materiais. Observando as bijus pelo Instagram, Pinterest e lojas físicas, as peças disponíveis estão voltadas para o urbano, mas envolvem referências de outros universos pela incorporação de símbolos como crucifixo, placa de identificação militar, caveira, âncora, timão de navio, pena ou animais como cervo e pássaros, mais usados como pingentes para compor as peças. As bijus misturam elementos de várias tendências como a navy [estilo náutico], rocker [estilo roqueiro] e folk [estilo hippie], porém as peças integram o universo da cidade, totalmente urbano e moderno.
Os materiais básicos são o couro preto ou marrom e ao metal nos banhos ouro ou prata envelhecidos. Além disso são usadas pedras como a olho de gato, quartzo, zircônia, miçangas plásticas ou de madeira, e contas de tamanho pequeno a médio, geralmente nas cores preta, marrom, cinza, prata ou ouro envelhecido e correntes nas cores prata, prata envelhecida ou ouro também envelhecido.
☆ Como usar. Ultimamente vi muitos homens usando bijus e as combinações foram maravilhosas. Tenho algumas dicas que podem ajudar.
Colares: é mais comum usar apenas um colar, mas você pode usar uma combinação com mesmo tamanho ou de tamanhos diferentes de colares. O ideal é que as cores sejam harmônicas para nenhuma peça brigar com a outra. Vale também o colar curto, bem chegado ao pescoço com um pingente e, se este remeter a uma lembrança especial, melhor.
Pulseiras: pode ser uma super larga de couro, duas largas de couro ou várias fininhas de couro, contas ou fios, material bastante usado para fazer pulseiras trançadas. Vale também usar junto ao relógios ou até em ambos os braços.
Aneis: talvez não seja a preferência de todos, mas são peças muito elegantes. Geralmente são largos e mais usados principalmente nos dedos indicador, médio ou anular. Os anéis de aço trabalhado com desenhos tribais ou com inscrições e símbolos são ideais, mas nada impede de escolher algum sem nenhum desenho. Se optar por aneis, explore usá-los em vários dedos de uma só vez. O anelismo para homens não é proibido!

☆ Onde Comprar. Recomendo alguns lugares que cabem em todos os gostos e bolsos: 
Joias: explore a Vivara, Francesca Romana Diana, H. Stern e a Pandora. As joalherias são referência no Brasil e no mundo, trazem uma variedade maravilhosa e materiais extremamente nobres como ouro, prata e pedras preciosas.
Bijuterias: a Riachuelo e C&A tem coleções exclusivas para o universo masculino e o preço é super acessível. Além disso o Empório do Aço tem muitas peças interessantes e os preços não são exorbitantes.
Online: a Dafiti e a Zatini, grandes e-commerce tem inúmeras peças de preços mais baratos a mais caros. Faça também uma busca no Elo 7 e no Tanlup, sites especializados em agregar lojas virtuais de artesãos. Nestas loja, muitas vezes, você pode fazer encomendas e personalizar sua peça a um preço acessível. Veja também o Instagram, e busque perfis de lojas ou artesãos para explorar as possibilidades. Eu recomendo a Marind [@usemarind] loja de Salvador - BA que tem peças em couro muito interessantes.
Agora, gato, que você já sabe o que usar, como usar e onde comprar, vá à luta e explore as possibilidades que esse universo oferece. Quer mais inspiração? Acesse o álbum "Bijus Masculinas" no no meu perfil no Pinterest. Tenho certeza que vai amar!

3 de agosto de 2016

E lá se foi Julho...

O mês do meu aniversário se foi, mas deixou lembranças muito legais para mim e para as redes sociais do ateliê. Vamos saber?
No Blog você viu o texto Gotas de Perseverança, o sétimo texto da série Gotas, o DIY em vídeo ensinando a customizar um brinco afro, o que rolou na edição 2016 do Bando Anunciador em Feira de Santana, a quarta série de resenhas Provei! Gostei? e minha história ilustrada em comemoração aos meus 30 anos.
Painel dos post no blog.
No Instagram do Blog você sempre acompanha a série #AcessórioDoDia com os meus acessórios para inspirar você a ousar. Esse mês você também acompanhou durante 30 dias minha história, foto a foto, e conheceu muito mais de mim. No dia 30 eu uni essas histórias em no post comemorativo 30 anos, 30 momentos [veja mais no meu Instagram].
As fotos da seção #AcessórioDoDia.
E para quem gosta de novidades, o ateliê Artesanía Bijuterias já tem seu próprio Instagram @atelieartesania. Nele você pode acompanhar todas as produções e a galeria Gente que Usa Artesanía com os meus amigos clientes divando com as peças personalizadas. E se você quiser a sua, entre em contato comigo pelo WhatsApp 75 9 8124 5974. Vou amar tornar seu sonho uma realidade. Espero sua visita no Instagram do ateliê!

1 de agosto de 2016

Agosto: gotas de Crescimento

A vida é cheia de surpresas e sempre nos presenteia com coisas boas, não é mesmo? Tem gente que pode achar que não, pode pensar que a vida só lhe traz coisas ruins e que nada vai bem, mas é como o ditado diz: "a gente colhe o que planta". Se plantamos coisas boas, colhemos coisas boas e, se plantamos as ruins... Já sabemos.
Fonte: divulgação.
Nessa terra que a vida nos oferece, as sementes que lançamos são sempre férteis e é certo que as plantas vão crescer. Essa conversa de sementes me faz lembrar da Parábola do Semeador contada por Jesus.
"Eis que o semeador saiu a semear. E, quando semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho, e vieram as aves, e comeram-na; E outra parte caiu em pedregais, onde não havia terra bastante, e logo nasceu, porque não tinha terra funda; Mas, vindo o sol, queimou-se, e secou-se, porque não tinha raiz.E outra caiu entre espinhos, e os espinhos cresceram e sufocaram-na. E outra caiu em boa terra, e deu fruto: um a cem, outro a sessenta e outro a trinta". [Mateus 13:3-8]
Perceba que todas as sementes tinham potencial de virar plantas bem bonitas, mas situações - as aves, as pedras ou a terra rasa, o forte sol, os espinhos - foram tirando as oportunidades de crescimento delas e, apenas uma pequena porção delas encontrou todas as condições necessárias à sobrevivência e à frutificação. Isso me faz pensar: qual a terra que você está lançando suas sementes? Você já identificou quais são as condições adversas que podem impedir o crescimento de sua planta? Você lança as sementes com a intenção de que elas cresçam ou faz de modo despretensioso, tentando a sorte? Na vida é importante escolher a terra que vamos pisar e cuidar para jogar nosso as sementes, afinal a porção de sementes da vida não é infinita e não se pode desperdiçar.
Fonte: usuário do Pinterest.