24 de novembro de 2014

2 Anos de Blog!

Pense em uma pessoa com a cara da alegria? Eu! Com este post venho anunciar 2 anos do blog Artesanía Bijuterias por Dalys Gómez, essa que vos escreve! Pois é, o primeiro post foi o Verão merece Estampa de Lenço, então relembre!
Feliz da vida! Viagem à Foz do Iguaçu. Post bem aqui!
Nesses dois anos aprendi muito sobre o mundo blogger: uma blogueira quase não descansa, mas aprende a dividir a vida pessoal com o blog e as redes sociais [maravilhosos canais de divulgação], deve ter a capacidade de escrever bem, sem erros de ortografia e conseguir cativar quem lê suas postagens, afinal, é um tempo que as pessoas dedicam pra lê-las. Além disso, não deve esquecer de primar pela qualidade, pelo bom conteúdo e pela originalidade, pois assim as pessoas que a leem sempre voltaram para ler a próxima postagem.
Primeira semana em que cortei o cabelo em janeiro/2014. Saudades!! Foto para o post DIY Bracelete Étnico.
Em 2 anos foram apenas 97 postagens publicadas. Isso mesmo! Diante de muitos blogs que acompanho, isso é super pouco mas, explico: não consigo copiar as pessoas nem escrever coisas que não tenham a ver comigo. Pra escrever uma postagem penso muito: o que vou escrever, como vou fazer, quais fotos vou usar [principalmente por que prefiro usar as minhas próprias fotos e nem sempre tem alguém que possa tirá-las] e, quando vou fazer o post. Pra quem não sabe, sou professora de espanhol, estudante de italiano, trabalho em duas cidades diferentes, viajo 16h por semana, faço artesanato, faço pequisa em Linguística Aplicada, cuido da família, do Boy Amor Namorado... Ufa! Cansa só de ler. Então, eu sou assim! E ainda primar pela qualidade e originalidade com tantas coisas, nem sempre é fácil. O cansaço também é um inimigo muito forte. Tem dias que estou só a graça Divina...
Relax em Boipeba, uma delícia! Post aqui.
Mas, o que é importante dizer é que nestes dois anos amadureci mais e venho, pouco a pouco, definindo minha caminhada. Sinto estar mais perto que nunca de realizar os sonhos que tem crescido no meu coração em relação a essa paixão pelo mundo das bijus e acessórios. O blog, a cada postagem, vem me ajudando a estudar, pesquisar, ser mais curiosa e perseguir meus objetivos no mundo da moda.
Visita ao Forte de Santo Antônio da Barra, o popular Farol da Barra, em post aqui.
Então, nada mais justo nesses dois anos, fazer uma retrospectiva sobre o próprio blog. Conheçamos o top 5: as 5 postagens mais acessadas nesses dois anos.

Top 1 > A mística Arembepe, BA

A vila de Arembepe, na Linha Verde baiana, é conhecida por abrigar uma da mais antigas aldeias hippies do Brasil. Além disso possui uma paisagem muito particular e um encanto que você só encontra lá!
Praia de Arembepe. Bem particular, pois a longo da areia tem esse "piso" de pedra.

Top 2 > DIY: Suéter com pedraria e pérolas

Esse DIY vem pra animar qualquer suéter basicão que você, com certeza tem aí escondido no guarda roupas. Claro, estamos às portas do verão, mas não esqueça essa dica quando o inverno se aproximar!

Top 3 > DIY: Cabide para brincos

Quem ama organização, com certeza acessou várias vezes esse post pra saber como fazer esse organizador de brincos. É super, vale a pena rever e fazer! 

Top 4 > Princess Deluxe na Fera Off Brasil em Salvador, BA

Na ocasião conversei com a Bia, proprietária da Princess, que estavam movimentando a feira cm o coque donut. Ela mesma fazia o coque nas clientes que saíam lindas do stand.

Top 5 > Barra do Jacuípe, BA: lindo recanto

Pra quem ama colocar o pé na estrada como eu, amará Barra do Jacuípe, um lugarzinho bem tranquilo pra relaxar da agonia da vida moderna. Dicas no post.
Bom, e pra fechar, tenho que fazer uma confissão: as pessoas que nos acompanham no blog e nas redes sociais se agregaram por livre e espontânea vontade! Isso mesmo, as pessoas que me seguem no Instagram, Facebook, Google +, Bloglovin, Youtube, Chicisimo e Twitter estão comigo porque, em algum momento, leram meu conteúdo, viram minhas fotos, gostaram e seguiram.

A vocês, leitores, admiradores, amig@s, obrigado por estar perto de mim, apoiando-me, seguindo-me nas redes sociais, dando-me ideias de posts... Obrigado por tudo!
Um xeirooooOooOOo...  

17 de novembro de 2014

Monte Santo, BA: o Coração Místico do Sertão

Antes que termine o mês, tenho que contar a vocês minha última experiência ao colocar o Pé na Estrada e ir à Monte Santo no final de outubro pra subir a serra! Foi uma prova de alta resistência, mas consegui sobreviver.
No alto da serra admirado a beleza do sertão.
Antes de começar o passeio, algumas informações geográficas e demográficas [eu curto isso ;)]: Monte Santo
Mapa de satélite de Monte Santo segundo o Google Maps.
está localizada no nordeste da Bahia, a 352 km de Salvador e a 242 km de Feira de Santana, minha cidade. O Censo de 2014 apontou 
54.207 monte-santense [gentilício dos habitantes] no município e registrou em 2010 um IDHM [Índice de Desenvolvimento Humano Municipal] de 0,506, o maior desde 1991, apesar de ainda ser considerado baixo na escala do índice [mais informações no fim do post].  Pode-se chegar à cidade por algumas BAs, como a BA-220 desde a cidade de Euclides da Cunha, onde trabalho atualmente [aproximadamente 30 min., mas a estrada não é tão boa :(]. Conheci Monte Santo à convite de uma aluna minha de Euclides e não pude resistir. Quem é da estrada, não resiste ficar longe dela!
Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, praça central de Monte Santo. 
Originalmente a cidade era habitada por índios caimbés, hoje creio que extintos, e o ponto alto da cidade é a procissão que acontece uma vez por ano [30 e 31 de outubro e 01 de novembro] ao Santuário da Santa Cruz de Monte Santo situado na Serra Piquaruça, chamada atualmente de Monte Santo. Ok!Terminada a história, vamos aos detalhes da subida!
Caminho de pedras para subida no monte. É preciso um calçado que resista... 
Acordamos bem cedinho, às 5h da matina [uou!] para subir a serra. Graças a Deus, naquele dia não fazia frio e a temperatura era amena, porque com muito frio ou muito calor, a subida ia ser um martírio. Nesse horário não tinha muito gente subindo, o que facilitou enormemente nossa locomoção, sem precisar tombar nas pessoas. Comigo subiram meus dois alunos, Genilda Andrade e Leandro Cavalcante, boas companhias pra esse passeio.
Meus companheiros de caminhada.
O objetivo é chegar lá...
Confesso, o caminho é longo: são aproximadamente 7 km de subida ingrime até o Santuário da Santa Cruz de Monte Santo. Haja força nas pernas! Ao longo do caminho, encontram-se 25 capelas com imagens diversas de santos, entre eles Nossa Senhora das Dores e Senhor dos Passos.
Na foto já se veem 3 capelas. Na verdade, não contei quantas tinham, mas acredito no que disseram e no que li na internet.
As capelas se localizam ao longo do caminho e os romeiros fazem paradas para rezar e/ou depositar pedidos. Infelizmente o vandalismo agride o patrimônio e também registramos essa falta de respeito á fé de muitos.

É necessário o mínimo de preparação pra subir e um equipamento composto por água e algo para comer, pois o corpo reclama [e muito] os efeitos do esforço. Não recomendo subir com pressa: devagar e sempre [levei 2:30 h pra chegar no topo], tirando fotos e admirando a paisagem que é incrível!
Vista do panorama da cidade e o resistente mandacarú, heroi do sertão, em primeiro plano.
A foto não está bem representada, mas precisava falar desse morrinho. Ele está na reta final da subida e, dizem que todos os que sobem até a igreja, devem jogar uma pedra no alto dele; se a pedra rolar até embaixo, a pessoa terá 1 ano a menos de vida; se não rolar, nada acontece. Bem, eu não quis arriscar! 
No alto da serra encontramos o Santuário da Santa Cruz, lugar em que os romeiros fazem orações, levam pedidos, agradecem e depositam as ofertas no altar. Do lado direito e esquerdo dele há duas salas em que os fiéis colocam objetos que representam a graça alcançada através de pedidos feitos em anos anteriores.
Santuário da Santa Cruz no alto da serra.
Altar no santuário.
Do lado esquerdo, os objetos em madeira representando partes do corpo e, do lado direito fotos, ambos levados pelos romeiros para agradecer as graças alcançadas.
Fiquei encantada com a quantidade de velas dentro do santuário e o efeito que elas causam com a luz que geram.
Considerando tudo isso, escolhi um look fitness para fazer meu passeio: legging, tênis, camisetinha e uma blusa sobreposta, além da viseira e óculos pra proteger do sol.
Look pra subida: roupas leves e proteção para o sol.
Depois de tudo, é só descer!
Para saber mais:
IDHM (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) é uma medida composta por três dimensões do desenvolvimento humano: longevidade, educação e renda. Para ser calculado, adequou-se a metodologia global do IDH à realidade brasileira e a disponibilidade de indicadores nacionais. Mais informação em: Atlas Brasil > IDHM e Programa Nacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento.
Curiosidade: o meteorito Bendengó foi descoberto na região em 1784, pesando 6.000 kg [considerado o maior do mundo!]. Atualmente ele está no Museu Nacional do Rio de Janeiro em exposição permanente.
Informações sobre a cidadePortal Monte Santo.net e IBGE Cidades > Monte Santo, Bahia.
Espero que tenham gostado. Visitem Monte Santo, vale a pena o turismo religioso! A experiência é única.

4 de novembro de 2014

E lá se foi Outubro...

O mês das crianças se foi e pra mim foi bem agitado! Outubro foi o mês que antecedeu a chegada de meu Love e, foi uma correria só: faz mudança, ajeita a casa, fica bonita... Nossa! Uma maratona para uma super mulher, que ainda teve que dividir tudo isso com o trabalho, a família e as viagens! Estou viva, graças a Deus! Então, vamos ao resumo de outubro.

No Instagram tem coisa nova: fiz um calendário de postagens que tem me ajudado muito a manter a frequência de postagens na rede e divulgar o trabalho do ateliê Artesanía Bijuterias. Na telinha do Insta este mês apareceram nossos lindos clientes com a Tag #GenteqUsa e as produções de camisas do ateliê com a Tag #VistaCamisas:
As lindas e lindo da galeria Gente que Usa. Se você também tem algo feito por nós, use no Instagram a Tag #GenteqUsa.
Camisas super personalizadas pintadas à mão no nosso ateliê especialmente para Romário Sena e Rebeca Cerqueira.
No blog postei minhas experiências DIY com a Pulseira de Franjas e o Vestido Tye-dye Coração, este último que amei demais!
In Love com este DIY. 
E no finalzinho do mês tive o prazer de participar o evento Tea Time do Clube Melissa Feira de Santana. O evento é nacional e aconteceu em todos os clubes para receber a Primavera. A proposta foi super linda: um DIY com 4 tipos de tiaras florais proposto pela blogger Thalita Carvalho do Blog Casa de Colorir. O evento contou com a participação do grande público feirense e das blogueiras Carol Mascarenhas e Monalisa Assis do blog Oxente Menina e de Ingrid Aleixo do blog com mesmo nome, além de mim [fofa!].
Eu com todas: Marcela Souza, gerente do Clube Melissa Feira de Santana, Marília Maia e a bonita cliente que fiz uma coroa pra ela.
Eu bunita com minha coroa feita especialmente para cabelo afro!
E que venha novembro... já estou vendo que este mês vai ser top de linha!