26 de fevereiro de 2013

De volta a Maceió, AL

Essa semana dei uma chegadinha em Maceió, capital do estado de Alagoas pra fazer uma prova de concurso. Não podia deixar de aproveitar as belezas dessa terra. Fazia um tempo que fui a Maceió e havia conhecido a renda de filé, artesanato muito comum na região, e desta vez resolvi voltar para comprar algumas coisas. 
Renda de filé.
O primeiro ponto de parada foi o Pavilhão do Artesanato em Pajuçara. O lugar oferece vários itens de artesanato da região e souvenir bem fofos. Depois de andar um pouquinho, rir muito com as estatuetas, frases de camisas e plaquinhas com mensagens pra toda a família e amigos, encontrei um balaio cheio de carteiras de palha de buriti na promoção. Comprei logo três!
Carteiras de palha de buriti.
Uma pequena explicação: "balaio" é uma palavra que se refere a uma cesta de palha que serve para guardar coisas misturadas. Em lojas aqui do Nordeste usa-se o balaio para colocar produtos em promoção. Eu adorooOoOo balaios! No outro dia, depois da prova, fui no Pontal da Barra, bairro de Maceió paraíso dos ateliês de renda de filé. Neste bairro muitas mulheres fazem este artesanato e vendem na frente de suas casas em pequenas lojas. É uma imagem interessante ver as toalhas, echarpes, blusas e vestidos pendurados como um varal na frente das casas; é a cor da rua!
Produtos das rendeiras expostos na frente das lojas, feitas na maioria das vezes, na frente das próprias casas.
Comprei alguns mimos como um vestido todo em renda de filé, echarpe, marcadores de livro e bolsa também em renda de filé. Alguns para presentes que vão para a Itália para minha sogra e minha cunhada [elas merecem!].
De volta passei na sorveteria Delícias do Cerrado na orla de Ponta Verde e fui surpreendida com os sabores dos sorvetes e picolés: cajarana, manga, mamão papaia, abóbora com coco... nada comum! Experimentei alguns estão de parabéns. Vale a pena!
Placa na frente da sorveteria. Agora não há como se perder!
Em Maceió encontrei umas bijus no Shopping Maceió que estava procurando faz um tempo: os anéis de falange. Esses anéis são usados nas falanges dos dedos [no meio do dedo], por isso o nome! Comprei três e adorei o resultado!!
Meus anéis de falange. In love!
Estes anéis podem ser usados misturados: prata, ouro velho, dourado... sem medo de errar, mas é interessante manter a harmonia no design deles, principalmente se forem conjugados com anéis convencionais.
Ah, não posso deixar de contar meu look de viagem. Pra embarcar optei por algo bem leve mas que fosse clássico: calça e blusa coral e sandálias com strass. Adorei os detalhes das peças: botões dourados, amarrações, renda, transparência, strass... um show de bom gosto.
Look de viagem à Maceió. Conforto e elegância.
Vá a Maceió. Você vai amar!

22 de fevereiro de 2013

Marcadores de Livro Ultra Românticos

Essa semana a criação foram este românticos marcadores de livros. Uma amiga compartilhou uma foto comigo e perguntou se eu fazia. É claro que faço! Olha o resultado [ilustrado com o livro "Alô! Chics" de Gloria Kalil]:

Amo ler, ainda mais com um marcador tão fofo!

16 de fevereiro de 2013

O Poder do Lenço

Vamos falar de Lenço? Desde que conheci este acessório, mudei a forma de inovar meus look. Entretanto, confesso que só usava os lenços no inverno, mas a moda é cheia de surpresas e inovações. Essa reportagem ensina algumas formas bem atraentes de usar o lenço e, o mais legal é que podem ser usadas em alto verão!
Em nome dessa paixão, selecionei algumas reportagens interessantes
[clique nos links para acessar as reportagens]


Blog Dani-se: fotos de lenços na cabeça + vídeo [muito bom!] ensinando a fazer alguns modelos.
Scarves: maneiras de usar lenço [tutorial em inglês].
Guia dos Casados: lenços para a cabeça: modelos e como usar.
Chic com Gloria Kalil: roupas transformadas em lenços.
Globo.com: passo-a-passo para fazer uma blusa com lenço.
M de Mulher: como usar os lenços assinados por grandes estilistas brasileiros lançados pela Revista Elle. [Infelizmente a revista não foi disponibilizada para o Nordeste! :( ]
M de Mulher: aprenda a fazer diferentes nós em lenços.

1 de fevereiro de 2013

Busca Vida, BA: tranquilidade em meio a cidade

Vocês já ouviram falar em Busca Vida? Bom, até 2011 nunca tinha ouvido falar neste lugar, mas meu namorado [muito curioso], o acabou descobrindo. Depois de ir algumas vezes lá, voltei este fim de semana para  matar as saudades.
Pode-se ir a Busca Vida a pé desde Vilas do Atlântico, Lauro de Freitas, atravessando o Rio Joanes com maré baixa na Praia de Buraquinho ou de carro pela Estrada do Coco, entrando no acesso ao Condomínio Busca Vida. De carro, pra chegar até a praia é necessário passar pela portaria do condomínio, deixar seus dados e seguir uma longa estrada de paralelepípedo até o estacionamento. Logo à frente está o acesso à Praia 29.
Praia 29, Busca Vida.
Logo quando cheguei, senti a sensação de estar literalmente em uma praia deserta: só havia meu namorado, eu, além de alguns seguranças que guardavam as lindas casas que há no lugar. Aliás, quem não mora no condomínio Busca Vida ou não está hospedado no resort da área, não pode acessar outro local que não seja a praia e a estrada que dá acesso a ela: o lugar é bem guardado por seguranças e cheio de placas de "proibido acesso". Mas a praia é livre. É patrimônio da União e pública. [Ainda bem!].
Tranquilo na maré baixa, melhor período para aproveitar a praia.
Com maré baixa, como hoje, a praia apresenta piscinas naturais e água bem morna e calma. Ótimo para relaxar...
Aproveitei pra dar uma relaxadinha na água... 
Que delícia de lugar!
Andando um pouco pela praia, vê-se as belíssimas casas do condomínio e a imensidão de um lindo mar azul. Quer saber mais sobre este lugar? Acesse o site da Prefeitura de Camaçari e veja Busca Vida.